Avaliação de Densidade Larvária diminui em Lorena, mas cidade ainda continua em estado de alerta para 2018
27/10/2017 10:08 em Saúde

Lorena divulgou um novo balanço da Avaliação de Densidade Larvária (ADL) que foi realizada neste mês e mostrou uma redução no nível de infestação pelo mosquito Aedes aegypti, o índice foi de 1,5%. Para o Ministério da Saúde é um valor aceitável já que o máximo recomendável é de 1%. Porém a cidade ainda está em “Estado de Alerta” para epidemia em 2018.

Houve uma redução significativa em Lorena de infestação das larvas do mosquito, pois o balanço divulgado em janeiro deste ano revelou que o município estava com ADL em 5,6%. A pesquisa de agora foi realizada em 670 imóveis e contou com buscas ativas por larvas feita pela equipe da Vigilância Epidemiológica.

O mosquito Aedes aegypti transmite a dengue, febre chikungunya, zika vírus e também a febre amarela. Para evita a proliferação do inseto é necessário reduzir os focos do mosquito, mas para isso é necessário a colaboração da população.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde de Lorena, a redução apenas reforça a necessidade da continuidade do trabalho de conscientização e fiscalização das famílias e da Prefeitura. Além disso, os principais criadouros do Aedes aegypti na cidade foram os reservatórios de chuva artificiais, como tambores, baldes e vasilhas, além de ralos e pratos de planta.

Por: Felipe Rodrigues

Imagem: Divulgação - Prefeitura de Lorena 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!