Macacos mortos no município de Lorena não foram vitimas de febre amarela
13/06/2018 09:22 em Saúde

Foi divulgado pelo Instituto Adolfo Lutz e Secretaria Estadual de Saúde  no último dia 05 os laudos negativos dos dois primatas não humanos encontrados mortos no mês de maio em Lorena. 

Considera-se a morte de macacos um alerta a população em geral, para que aqueles que ainda não se imunizaram com a vacina, procurem imediatamente uma Unidade de Saúde, pois esta é a única forma de prevenção e proteção. 

Já para as autoridades de saúde é um alerta para monitorar possíveis aparecimentos de sintomas da doença em pacientes que apresentem suspeita da doença associado com histórico de viagens para zona de mata nos últimos 30 dias. 

O óbito de macacos com diagnóstico confirmado de febre amarela significa que o vírus está circulando no município.

Portanto, caso ainda não se vacinou, verifique os critérios de contra indicação.

  • Crianças menores de 6 meses de idade
  • Nutrizes ou lactantes amamentando crianças menores de 6 meses de idade
  • Imunodepressão de qualquer natureza
  • HIV positivo com imunodepressão grave
  • Tratamento com drogas imunossupressoras (corticoide, quimioterapia, radioterapia, imunobiológicos).
  • Transplantados
  • Gestantes; no entanto se for para área de risco, deverá tomar a vacina;
  • Alergia a ovo (tipo anafilaxia).

Por Guilherme Costa 

Fonte: Prefeitura de Lorena 

Imagem: Divulgação Prefeitura de Lorena  

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!