Avaliação de Densidade Larvária de 1,3 aponta risco de epidemia de dengue em Lorena
22/08/2018 10:10 em Saúde

 

Uma nova Avaliação de Densidade Larvária (ADL), realizada em julho, mostrou que o nível de infestação pelo mosquito Aedes aegypti é de 1,3%, em Lorena. O índice aceitável pelo Ministério da Saúde é de no máximo 1%, por isso, com este resultado, a cidade se mantém em “Estado de Alerta” para epidemia no próximo verão.

De todas amostras analisadas, 45% foram positivas para Aedes aegypti nos bairros da Cabelinha, Centro, Ponte Nova, São Roque, Vila Brito e Vila Nunes. O principal foco do mosquito transmissor da Dengue, Zika Febre Amarela e Chikungunya continua sendo o ralo externo das residências. Como medida de prevenção, a orientação é o tratamento frequentemente dos ralos externos com água sanitária ou pastilha de cloro, ou preferencialmente, colocar telas nesses ralos para impedir que ovos sejam depositados nas paredes e no fundo do ralo.

Até o momento, a Secretaria Municipal de Saúde registrou 55 notificações de dengue este ano, todas descartadas. O último caso registrado na cidade foi no mês de abril de 2017 e autóctone (quando a doença é contraída fora da cidade).

 

Publicado por Guilherme Costa 

Fonte: Prefeitura de Lorena 

Imagem: Divulgação Prefeitura de Lorena  

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!